CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE CONTABILIDADE SOCIETÁRIA (Atualizável e Análise, na ordem, dos Pronunciamentos Técnicos CPC/IFRS)

R$299,00 R$199,00 / mês

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE CONTABILIDADE SOCIETÁRIA (Atualizável e Análise, na ordem, dos Pronunciamentos Técnicos CPC/IFRS)

Associated Courses

Sale!

Description

Para fins da escrituração contábil e levantamento das demonstrações financeiras, bem como para efeito de apuração do imposto de renda, as empresas, independentemente do tipo societário, inclusive as sociedades limitadas, estão sujeitas à Lei nº 11.638/07 (Nova Lei das S/As), a qual requer a observância dos princípios internacionais de contabilidade (IFRS).

Para isso, são publicados a todo tempo os Pronunciamentos Técnicos do CPC (normas contábeis brasileiras de conversão às normas IFRS) e que cumprem a função legal de regulamentação contábil da Nova Lei das S/As.

Este treinamento, a todo tempo atualizado, será ministrado aos participantes pelo canal SABERPLAY (plataforma web-streaming) e tem como objetivo preparar os profissionais, no campo prático, sobre os procedimentos contábeis constantes nos Pronunciamentos Técnicos CPC/IFRS, para que possam com segurança e eficácia elaborar os seus trabalhos de escrituração contábil e de elaboração das demonstrações financeiras.

Para tanto, o treinamento analisará continuamente, e de forma direta e objetiva, todos os Pronunciamentos Técnicos CPC editados e em vigor, por meio de ferramentas tecnológicas modernas e avançadas que ancoram o canal SABERPLAY (os participantes assistirão via desktop, tablet, celular ou aparelhos semelhantes).

Reviews

There are no reviews yet.

Be the first to review "CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE CONTABILIDADE SOCIETÁRIA (Atualizável e Análise, na ordem, dos Pronunciamentos Técnicos CPC/IFRS)"

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Objetivo

Para fins da escrituração contábil e levantamento das demonstrações financeiras, bem como para efeito de apuração do imposto de renda, as empresas, independentemente do tipo societário, inclusive as sociedades limitadas, estão sujeitas à Lei nº 11.638/07 (Nova Lei das S/As), a qual requer a observância dos princípios internacionais de contabilidade (IFRS). Para isso, são publicados a todo tempo os Pronunciamentos Técnicos do CPC (normas contábeis brasileiras de conversão às normas IFRS) e que cumprem a função legal de regulamentação contábil da Nova Lei das S/As. Este treinamento, a todo tempo atualizado, será ministrado aos participantes pelo canal SABERPLAY (plataforma web-streaming) e tem como objetivo preparar os profissionais, no campo prático, sobre os procedimentos contábeis constantes nos Pronunciamentos Técnicos CPC/IFRS, para que possam com segurança e eficácia elaborar os seus trabalhos de escrituração contábil e de elaboração das demonstrações financeiras. Para tanto, o treinamento analisará continuamente, e de forma direta e objetiva, todos os Pronunciamentos Técnicos CPC editados e em vigor, por meio de ferramentas tecnológicas modernas e avançadas que ancoram o canal SABERPLAY (os participantes assistirão via desktop, tablet, celular ou aparelhos semelhantes).

Programa

  • CPC 00 (R1) Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro

    CFC: SP14263

    ADOÇÃO INICIAL DA NOVA LEI DAS S/As
    Legislação Instituidora e as Entidades Sujeitas
    Convergência do BR GAAP para a IFRS

    ESCRITURAÇÃO E LEVANTAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
    Critérios de Reconhecimento, Mensuração e Evidenciação

    ESTRUTURA CONCEITUAL PARA ELABORAÇÃO E DIVULGAÇÃO DE DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
    Objetivo e Alcance

    DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
    Performance Financeira Refletida pelo Regime de Competência e pelos Fluxos de Caixa
    Características Qualitativas Fundamentais das Demonstrações
    Características Qualitativas de Melhoria
    Elementos: Ativo, Passivo e PL, Receitas e Despesas
    Critério de Reconhecimento
    Critérios de Mensuração – Ativo
    Critérios de Mensuração – Passivo
    Critérios de Mensuração – Receita e Despesa

    Duração: 2h
  • CPC 01 (R1) Redução ao Valor Recuperável de Ativos

    CFC: SP14264

    TESTE DE RECUPERABILIDADE DE ATIVOS
    Objetivo e Alcance
    Processo de Identificação da Existência de Ativos Desvalorizados
    Indicações de Desvalorização: Fontes Externas
    Indicações de Desvalorização: Fontes Internas
    Determinação do Valor Recuperável
    Reconhecimento das Perdas
    Aplicação em Ativos Reavaliados
    Novo Valor Depreciável do Ativo

    VALOR RECUPERÁVEL
    Identificação do Preço Líquido de Venda de Ativos
    Identificação do Valor em Uso de Ativos

    Duração: 2h
  • CPC 02 (R2) Efeitos das mudanças nas taxas de câmbio e conversão de demonstrações contábeis

    CFC: SP14265

    TRANSAÇÕES E OPERAÇÕES EM MOEDA ESTRANGEIRA
    Efeitos das Mudanças nas Taxas de Câmbio e Conversão de Demonstrações Contábeis
    Definições Importantes para Aplicação Correta do Critério
    Moeda Funcional
    Taxa da Transação – Reconhecimento Inicial
    Taxa de Fechamento
    Itens Monetários e Não Monetários
    Variações Cambiais de Ativos e Passivos Monetários e Não Monetários
    Entidades no Exterior, Grupo Econômico e Investimento Líquido em Entidade no Exterior

    INVESTIMENTO SOCIETÁRIO EM ENTIDADE NO EXTERIOR
    Tratamento para a Perda na Recuperabilidade do Ativo

    CONVERSÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
    Procedimentos

    Duração: 2h
  • CPC 03 (R2) Demonstração dos Fluxos de Caixa

    CFC: SP14266

    DFC – DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA
    Objetivo
    Benefícios da Informação
    Atividades Operacionais
    Atividades de Investimento
    Atividades de Financiamento
    Apresentação dos Fluxos de Caixa das Atividades Operacionais
    Atividades Operacionais: Método Direto x Método Indireto

    FLUXOS DE CAIXA
    Definição Contábil

    CAIXA
    Definição Contábil

    EQUIVALENTES DE CAIXA

    Definição Contábil

    Duração: 2h
  • CPC 04 (R1) Ativo Intangível

    CFC: SP14267

    ATIVO INTANGÍVEL
    Definição Contábil
    Requisitos a serem Atendidos para Caracterização
    Reconhecimento
    Mensuração
    Vida Útil – Condição para Amortização
    Sujeição ao Teste de Recuperabilidade

    PROJETO PRÉ-OPERACIONAL
    Fases
    Tratamento Contábil

    ATIVO INTANGÍVEL COM VIDA ÚTIL DEFINIDA
    Critério para Amortização

    ATIVO INTANGÍVEL COM VIDA ÚTIL INDEFINIDA
    Vedação da Amortização

    Duração: 2h
  • CPC 05 (R1) Divulgação sobre Partes Relacionadas

    CFC: SP14268

    PARTES RELACIONADAS
    Finalidade da Divulgação sobre Transações
    Divulgação da Estrutura Societária
    Divulgação da Remuneração da Administração
    Divulgação das Informações e Saldos Existentes Relativos às Transações
    Divulgações por Categoria
    Divulgação da Natureza e das Condições das Transações
    Divulgação para as Entidades Relacionadas com o Poder Público

    PARTE RELACIONADA
    Definição para a Contabilidade Societária

    TRANSAÇÃO ENTRE PARTES RELACIONADAS
    Definição para a Contabilidade Societária

    MEMBROS DA FAMÍLIA E PESSOAL-CHAVE DA ADMINISTRAÇÃO
    Definições para a Contabilidade Societária

    Duração: 2h
  • CPC 06 (R2) Operações de Arrendamento Mercantil

    CFC: SP14269

    ARRENDAMENTO MERCANTIL
    Natureza Jurídica
    Natureza Contábil/Econômica

    ARRENDATÁRIO
    Reconhecimento
    Mensuração Inicial do Ativo de Direito de Uso
    Mensuração Inicial do Passivo de Arrendamento
    Mensuração Subsequente do Ativo de Direito de Uso
    Depreciação do Ativo Arrendado
    Teste de Recuperabilidade do Ativo Arrendado
    Mensuração Subsequente do Passivo de Arrendamento

    ARRENDADOR
    Reconhecimento e Mensuração

    Duração: 2h
  • CPC 07 (R1) Subvenção e Assistência Governamentais

    CFC: SP14270

    BENEFÍCIOS FISCAIS E SUBVENÇÕES
    Definição Tributária – RFB
    Definição para a Contabilidade Societária

    SUBVENÇÃO GOVERNAMENTAL
    Condição para Reconhecimento Contábil
    Tratamento ao Subsídio em Empréstimo
    Sujeição a Classificação de Contingência Ativa ou Passiva
    Momento do Reconhecimento como Receita
    Mensuração
    Constituição de Reserva de Incentivo Fiscal
    Apresentação da Subvenção no BP e na DRE

    SUBVENÇÃO GOVERNAMENTAL RELACIONADA A ATIVO DEPRECIÁVEL
    Realização Segundo a Vida Útil

    Duração: 2h
  • CPC 08 (R1) Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e Valores Mobiliários

    CFC: SP14271

    CUSTOS DE TRANSAÇÃO E PRÊMIOS NA EMISSÃO DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS
    Tratamento Contábil Distinto: Instrumento de Dívida x Instrumento Patrimonial
    Definições para a Contabilidade Societária
    Contabilização das Captações de Recursos para o Capital Próprio
    Contabilização da Captação de Recursos de Terceiros
    Alocação de Custos de Transação quando da Emissão de Instrumento Composto ou na Ocorrência de mais de uma Distribuição Concomitante

    CUSTOS DE TRANSAÇÃO NA EMISSÃO DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS
    Contabilização na Aquisição de Ações de Emissão Própria: Ações em Tesouraria
    Tratamento aos Custos de Transação de Captação não Efetivada
    Contabilização Temporária dos Custos de Transação

    CUSTOS DE TRANSAÇÃO COM A FINALIDADE DE AQUISIÇÃO DE ATIVO QUALIFICÁVEL
    Definição dos Valores a serem Ativados

    PRÊMIO NA EMISSÃO DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS
    Tratamento na Constituição de Reserva de Lucros

    Duração: 2h
  • CPC 09 Demonstração do Valor Adicionado (DVA)

    CFC: SP14272

    DRE/DVA
    Óticas e Objetivos Diferentes

    DVA – DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO
    Formação da Riqueza: Principais Componentes
    Formação da Riqueza: Riqueza Criada pela Própria Empresa
    Formação da Riqueza: Insumos Adquiridos de Terceiros
    Formação da Riqueza: Valor Adicionado Recebido em Transferência
    Distribuição da Riqueza: Pessoal
    Distribuição da Riqueza: Tributos/Governo
    Distribuição da Riqueza: Financiadores
    Distribuição da Riqueza: Investidores

    DVA
    Modelo CPC – Empresas em Geral

    Duração: 2h
  • CPC 10 (R1) Pagamento Baseado em Ações

    CFC: SP14273

    TRANSAÇÃO COM PAGAMENTO BASEADO EM AÇÕES (PBA)
    Definições para a Contabilidade Societária
    PAGAMENTO BASEADO EM AÇÕES (PBA)
    Espécies de Transações

    TRANSAÇÃO COM PBA LIQUIDADA COM INSTRUMENTOS PATRIMONIAIS
    Mensuração do Valor Justo dos Produtos ou Serviços Recebidos
    Tratamento às Transações com Empregados

    TRANSAÇÃO COM PBA LIQUIDADA EM CAIXA
    Mensuração e Remensuração a Valor Justo do Passivo Obrigacional
    Remuneração a Empregados

    TRANSAÇÃO COM PBA COM ALTERNATIVA DE LIQUIDAÇÃO EM CAIXA OU INSTRUMENTO PATRIMONIAL
    Posicionamento
    Tratamento nas Transações com Empregados

    TRANSAÇÃO COM PBA ENTRE ENTIDADES DO MESMO GRUPO
    Tratamento na Entidade Beneficiária dos Produtos ou Serviços

    Duração: 2h
  • CPC 11 Contratos de Seguro

    SEGURADORAS E DEMAIS ENTIDADES SUJEITAS A SUSEP
    Normas Gerais x Normas Específicas

    CPC 11 – CONTRATOS DE SEGURO
    Objetivo e Alcance

    CONTRATO DE SEGURO

    Definição para Efeito Contábil

    CONTRATO DE RESSEGURO
    Definição para Efeito Contábil

    CARACTERÍSTICA DE PARTICIPAÇÃO DISCRICIONÁRIA
    Definição para Efeito Contábil

    Duração: 2h
  • CPC 12 Ajuste a Valor Presente

    AVP – AJUSTE A VALOR PRESENTE
    Objetivo e Utilidade para a Contabilidade Societária
    Momento do Reconhecimento
    Ativo ou Passivo Sujeito
    Conta do Ativo ou Passivo Sujeita: Diretrizes Gerais
    Conta do Ativo ou Passivo Sujeita: Apropriação do AVP
    A Figura dos Itens Monetários e Não Monetários
    Taxa de Desconto a Ser Aplicada
    Passivos Contratuais e Não Contratuais: Aplicação
    Observância da Relação Custo x Benefício

    AVP x AVJ
    Distinção

    Duração: 2h
  • CPC 13 Adoção Inicial da Lei nº. 11.638/07 e da Medida Provisória nº. 449/08 (convertida na lei nº. 11.941/09)

    ADOÇÃO INICIAL DA NOVA LEI DAS S/As
    Novo Capítulo Contábil e Empresas Sujeitas
    Objetivo do CPC 13
    Reconhecimento dos Ajustes Iniciais
    Definição de Práticas Contábeis Adotadas no Brasil
    Tratamento aos Ajustes Iniciais dos Instrumentos Financeiros
    Tratamento à Extinção do Subgrupo Ativo Diferido
    Tratamento ao Novo Subgrupo Ativo Intangível
    Tratamento à Reserva de Reavaliação
    Tratamento à Manutenção da Reserva de Reavaliação
    Novo Tratamento a Conta Lucros Acumulados

    Duração: 2h
  • CPC 14 Instrumentos Financeiros: Reconhecimento, Mensuração e Evidenciação (Fase I) - Transformado em OCPC 03 (revogado a partir de 1°/01/2018)

    CPC 14 – INSTRUMENTOS FINANCEIROS
    Cronologia Normativa e sua Revogação

    Duração: 10 min
  • CPC 15 (R1) Combinação de Negócios

    COMBINAÇÃO DE NEGÓCIOS
    Definição para a Contabilidade Societária
    Método de Aquisição
    Identificação do Adquirente e da Data de Aquisição
    Reconhecimento da Participação Adquirida
    Ativo Identificável
    Mensuração da Participação Adquirida
    Reconhecimento e Mensuração do Ágio da Participação Adquirida
    Compra Vantajosa – A Configuração do Deságio
    Composição do Custo de Aquisição da Participação Societária

    NEGÓCIO
    Identificação

    Duração: 2h
  • CPC 16 (R1) Estoques

    ESTOQUES
    Questão Fundamental
    Definição para a Contabilidade Societária
    Critério de Valoração dos Estoques
    Mensuração – Cabimento de Provisão para Perda Provável

    ESTOQUE
    Custo: Composição
    Custo de Aquisição ou Custos de Transformação
    Subproduto: Tratativa Contábil
    Custo: Tratamento aos Encargos Financeiros
    Gastos a Serem Lançados Diretamente como Despesa
    Adoção Restritiva do Custo-Padrão e do Método de Varejo

    Duração: 2h
  • CPC 17 (R1) Contratos de Construção (revogado a partir de 1º/01/2018)

    CPC 17 – CONTRATOS DE CONSTRUÇÃO
    Objetivo e Revogação

  • CPC 18 (R2) Investimento em Coligada, em Controlada e em Empreendimento Controlado em Conjunto

    CPC 18 – INVESTIMENTO EM COLIGADA, EM CONTROLADA E EM EMPREDIMENTO CONTROLADO EM CONJUNTO
    Objetivo e Alcance

    INVESTIMENTOS INFLUENTES
    Definições para a Contabilidade Societária

    INFLUÊNCIA SIGNIFICATIVA
    Definição para a Contabilidade Societária

    MÉTODO DA EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL
    Definição e Aplicação
    Descontinuidade do Uso
    Redução na Participação Societária
    Ponto de Partida para a Aplicação e o Desdobramento do Custo de Aquisição

    PARTICIPAÇÃO SUJEITA AO MEP
    Reconhecimento da Equivalência e Ajustes após a Aquisição
    Tratamento na Investida com PL Negativo
    Teste de Recuperabilidade do Ativo

    Duração: 2h
  • CPC 19 (R2) Negócios em Conjunto

    NEGÓCIOS EM CONJUNTO
    Definição para a Contabilidade Societária
    Tipos
    Classificação
    Operação em Conjunto
    Empreendimento Controlado em Conjunto

    CONTROLE EM CONJUNTO
    Pré-Requisito Contratual da Aprovação Unânime

    ACORDO CONTRATUAL

    Comprovação
    Avaliação se Todas as Partes Detém o Controle

    ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
    Operação em Conjunto
    Empreendimento Controlado em Conjunto

  • CPC 20 (R1) Custos de Empréstimos

    CUSTOS DE EMPRÉSTIMOS
    Definição para a Contabilidade Societária
    Ativo Qualificável
    Ativação
    Ativação – Observância do Critério do Benefício Econômico Futuro
    Custos de Empréstimos Elegíveis à Ativação
    Abatimento de Eventual Receita Financeira Obtida pela Aplicação Temporária
    Tratamento ao Redirecionamento de Empréstimo Não Especificado
    Teste de Recuperabilidade do Custo Total do Ativo
    Término da Ativação

    CUSTOS DE EMPRÉSTIMOS – ATIVOS ELABORADOS EM PARTES
    Término da Ativação

    Duração: 2h
  • CPC 21 (R1) Demonstração Intermediária

    CPC 21 – DEMONSTRAÇÃO INTERMEDIÁRIA
    Objetivo e Alcance

    DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
    Conjunto Completo

    DEMONSTRAÇÃO CONTÁBIL INTERMEDIÁRIA
    Componentes Mínimos
    Reconhecimento e Mensuração
    Divulgação de Eventos e Transações Significativos
    Relação de Eventos e Transações a serem Divulgadas
    Receita Recebida Sazonalmente, Ciclicamente ou Ocasionalmente
    Custo Incorrido não Homogeneamente Durante o Exercício
    Uso de Estimativa
    Reapresentação de Demonstrações de Períodos Intermediários Anteriores

  • CPC 22 Informações por Segmento
    Duração: 2h
  • CPC 23 Políticas Contábeis, Mudança de Estimativa e Retificação de Erro
    Duração: 2h
  • CPC 24 Evento Subsequente
    Duração: 2h
  • CPC 25 Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes
    Duração: 2h
  • CPC 26 (R1) Apresentação das Demonstrações Contábeis
    Duração: 2h
  • CPC 27 Ativo Imobilizado
    Duração: 2h
  • CPC 28 Propriedade para Investimento
    Duração: 2h
  • CPC 29 Ativo Biológico e Produto Agrícola
    Duração: 2h
  • CPC 30 (R1) Receitas (revogado a partir de 1º/01/2018)
  • CPC 31 Ativo Não Circulante Mantido para Venda e Operação Descontinuada
    Duração: 2h
  • CPC 32 Tributos sobre o Lucro
    Duração: 2h
  • CPC 33 (R1) Benefícios a Empregados
    Duração: 2h
  • CPC 34 Exploração e Avaliação de Recursos Minerais (Não editado)
    Duração: 10 min
  • CPC 35 (R2) Demonstrações Separadas
    Duração: 2h
  • CPC 36 (R3) Demonstrações Consolidadas
    Duração: 2h
  • CPC 37 (R1) Adoção Inicial das Normas Internacionais de Contabilidade
    Duração: 2h
  • CPC 38 Instrumentos Financeiros: Reconhecimento e Mensuração (revogado a partir de 1º/01/2018)
  • CPC 39 Instrumentos Financeiros: Apresentação
    Duração: 2h
  • CPC 40 (R1) Instrumentos Financeiros: Evidenciação
    Duração: 2h
  • CPC 41 Resultado por Ação
    Duração: 2h
  • CPC 42 Contabilidade e Evidenciação em Economia Altamente Inflacionária
    Duração: 2h
  • CPC 43 (R1) Adoção Inicial dos Pronunciamentos Técnicos CPCs 15 a 41
    Duração: 2h
  • CPC 44 Demonstrações Combinadas
    Duração: 2h
  • CPC 45 Divulgação de Participações em outras Entidades
    Duração: 2h
  • CPC 46 Mensuração do Valor Justo
    Duração: 2h
  • CPC 47 Receita de Contrato com Cliente
    Duração: 2h
  • CPC 48 Instrumentos Financeiros
    Duração: 2h
  • CPC 49 Contabilização e Relatório Contábil de Planos de Benefícios de Aposentadoria
    Duração: 2h
  • CPC PME Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas com Glossário de Termos
    Duração: 2h

Instrutor

Prof. Miguel Silva

Advogado e Contabilista, especializado em Direito Empresarial. Autor do Guia IOB de Contabilidade – Atualizável, em 3 Volumes, lançado em 1992, com mais de 70 atualizações, sendo a última em 2001; LUCRE IOB – Atualizável, lançado em 1997; Sistema Eletrônico de apuração do IRPJ, da CSLL, do PIS/PASEP e da COFINS, e de Escrituração do LALUR, com versões anuais, reeditadas até 2001. Coordenador técnico e coautor da obra “Prática Tributária nas Empresas” (2012), ed. Atlas. Coautor da obra “Aspectos Polêmicos do Imposto de Renda” (2014), Ed. LEX Magister. Foi professor convidado em universidades, na FUNDACE/USP (Ribeirão Preto/SP) e FECAP/SP. Ministra seminários e palestras em todo o Brasil desde 1988 sobre legislação e direito empresarial. Em 2006, eleito “Homem do Ano”, na área jurídica, título esse recebido na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. “Contabilista Emérito” pelo Sindicato dos Contabilistas de São Paulo. Em 2015, eleito e empossado para ocupar a Cadeira da Academia Paulista de Contabilidade, órgão vinculado ao CRC/SP. Coordenador Técnico dos cursos da Saber Treinamento Profissional. Sócio Diretor da Miguel Silva & Yamashita Advogados.

Recursos

SALA DO PARTICIPANTE: Ferramenta de interação coletiva exclusiva dos assinantes do treinamento escolhido dentro da plataforma SABERPLAY. É fórum técnico e de caráter permanente, ficará disponível durante todo o curso, para troca de experiências profissionais e debates sobre temas relacionados ao treinamento.

SALA DO PROFESSOR: Periodicamente, segundo as necessidades e mudanças normativas, o professor apresentará ao vivo ou gravado, por meio de sala disponibilizada pelo canal SABERPLAY, análises sobre temas relevantes e mudanças normativas que envolvam o programa do curso.

Mais Informações

Carga Horária

90 horas

Investimento

De R$ 299,00 por R$ 199,00 /mês

CFC

SP14031
Assine Online

Contate-nos agora

(11) 3284 3092

Quero que um consultor entre em contato